Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

De repente, GENTE!


De repente, GENTE.


 GENTE é tudo singular. GENTE é o coletivo do ser único, GENTE! GENTE é tudo diferente, mas é tudo GENTE. Em todos os cantos deste planeta há de haver GENTE. Para todas as condições de vida possíveis há de ter GENTE. Para todas as necessidades existentes há de existir GENTE. Há GENTE para tudo neste mundo. GENTE é um apelo às regras das diferenças compartilhadas. A sentença é simples: único e diverso - GENTE.
Visite todos os cantos do mundo, permita-se entrar nas mais distantes tribos, os mais longínquos lugarejos e você há de se surpreender e se reinventar com a complexidade e riqueza do ser GENTE. Os lugares são belos ou feios porque por alí há ou já houve GENTE.
 Lugares existem muitos, uns com beleza que conquista fácil, é só chegar e amar, outros com belezas mais rudimentares que precisam ser aprendidas para serem amadas, outros cujas belezas parecem sinônimo de inferno ou de tristeza, mas todos com sua razão de ser e de existir para toda a GENTE. Você sab…